Blockchain, a evolução do Web Service

Blockchain uma plataforma Open Source que tem chamado muito a atenção dos mercados pois traz benefícios claros em relação ao tempo, segurança, a flexibilidade na implementação e principalmente transparência no processamento distribuído e intercâmbio de informações.


A plataforma é uma camada informacional comunitária entre diferentes sistemas, processos, pessoas, áreas ou empresas onde a informação que "transita" como transações, muito parecido a uma base de dados, só que em formato de mensagens.


Um componente chave é um livro-razão (ledger) centralizado e criptografado onde os participantes da rede podem validar transações de forma segura. Com uma série de mecanismos, evitam fraudes ou a manipulação da informação por processos ou participantes não autorizados. Parte do princípio que se todos tem a mesma informação, um participante não deve diferir do que está copiado entre todos, o que o torna humanamente impossível de ser hackeado.


Estas transações podem conter quaisquer tipos de dados, sempre que trafegue entre diferentes participantes dentro de uma rede. Esta rede pode ser pública ou privada.


Os participantes de uma rede Blockchain, independente da sua natureza (pública ou privada), devem ter o poder de validar, de forma automatizada, os blocos de transações mediante um algoritmo chamado "consenso". Este procedimento garante a estabilidade transacional. Adicionalmente, a plataforma garante a privacidade da informação entre participantes, já que a informação trafegada é criptografada. O membro (participante) de uma rede Blockchain normalmente é uma entidade que tem um certificado válido para a participação - aplicações, usuários, sistemas interagem com a rede através de um Membro válido.


Adicionalmente a plataforma também oferece o benefício poder de desenvolver regras de negócio para ser aplicada na informação que “trafega” no Blockchain.


O que Blockchain vem endereçar?


Os sistemas tradicionais criam ilhas com suas próprias regras e atores, um bom exemplo é um sistema de base de dados. Integrar e compartilhar informação de maneira transparente, eficiente e segura entre várias empresas (ou até entre áreas acaba não sendo prático por conta da variedade de dados, da velocidade e volumetria da informação, pelo que a integração dos sistemas tradicionais é limitada. Hoje não se tem redes de negócios transparentes e de vários atores independente do sistema.


Blockchain endereça esta demanda já que permite colocarmos uma camada se segurança, transparência e regras de negócio entre ativos (os bens a serem transacionados) e participantes. Adicionalmente, não é disruptivo em termos tecnológicos, já que consegue se conectar a qualquer sistema ou fonte de dados mediante APIs.


Desde o acompanhamento de históricos médicos, controle de peças e estados de manutenção, venda de bens, democratização de serviços financeiros, cadeia de suprimentos de medicamentos ou de alimentos, até a eliminação de intermediários como agentes, cartórios e outras entidades, Blockchain é um novo caminho para nossas relações de negócio.


Quais são os casos de uso para a indústria financeira?


O livro razão do Blockchain (ledger) é extremamente útil para bancos e instituições financeiras, fornecendo uma camada sem precedentes de transparência e confiança. A transparência operacional de um ledger distribuído reduzirá, se não eliminará, o número de disputas, minimizando fraudes e garantindo que as obrigações e os acordos sejam atendidos. O livro razão também podera dar às empresas uma maneira mais segura e efetiva de movimentar dinheiro e rastrear transações. Os reguladores poderão monitorar em tempo real as transações corporativas, enquanto melhoram a liquidez dos ativos e transferem dinheiro entre contas.


Cada banco, também, usará blockchain em seus próprios casos de uso e com base nas prioridades do negócio, por exemplo, o setor comercial poderá utilizá-lo para rastreamento em tempo real, enquanto “pagamentos globais” poderão aplicar os benefícios dos smart contracts impedindo atritos.


Por Bernardo de Souza Madeira – Especialista em Blockchain da Interchains

10 visualizações

© 2018 Interchains Consultoria

  • Facebook ícone social
  • Twitter
  • LinkedIn ícone social